VISTOS CONSULARES - parte 2/2

PASSAPORTE 2.jpg

       Visto canadense

O Visto Canadense é necessário para todos os brasileiros, que desejam visitar o país e deve ser solicitado com uma antecedência mínima de seis semanas. A primeira diferença, com relação ao Visto americano, com o qual estamos mais habituados, é que a duração é bem menor: geralmente de seis meses apenas. O processo de emissão é bastante simples, e a taxa de rejeição é bem pequena – menos de 5% dos pedidos de Visto são negados.

OBS: CORONAVÍRUS - 

 

Os centros de aplicação de Visto para o Canadá, em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Recife e Porto Alegre estavam fechados, devido à pandemia da Covid-19.

Tipos de Visto

 

Existem vários tipos de VISTO CANADENSE, de acordo com a finalidade: Residente Temporário, Permissão para Trabalho ou Permissão para Estudo. Agora abordaremos os vistos para turistas (residente temporário), mas informações sobre os demais podem ser consultados na página do CVAC. Há ainda dois tipos de Vistos para turistas:

♦ Visto de uma entrada, com duração quase sempre de até 6 meses para apenas uma viagem ao país

♦ Visto de múltiplas entradas, válido por até 3 anos

♦ Visto de trânsito de até 48 horas

Turismo - Visto para quem tem intenção de ficar até no máximo seis  meses no Canadá, entretanto quem define o tempo de permanência é a imigração no desembarque no Canadá.

 

Estudante - Visto para quem tem intenção de estudar por um período superior a 6 meses. Caso o estudante esteja matriculado num programa em que o trabalho seja parte integrante do curso, também terá que ser emitida uma work permit. Este Visto permite trabalhar em determinadas condições.

 

Trabalho - A maioria dos trabalhadores precisará de uma permissão de trabalho para entrar no Canadá, e ela não será emitida até que você chegue no país. Tenha cuidado, pois o Setor de Vistos não fornecerá nenhuma informação sobre oportunidades de trabalho, e não poderá ajudá-lo a encontrar empregos no Canadá.

Dica: O Visto de uma entrada permite ingressar várias vezes no Canadá a partir dos Estados Unidos, no prazo autorizado

para permanência no país.

Documentos necessários

 

O primeiro passo para solicitar o visto canadense é reunir a documentação necessária. Para facilitar a tarefa, o governo canadense criou check-lists com a documentação necessária para cada tipo de visto, que deve ser baixada no site do Centro de Requerimento de Visto do Canadá, impresso e entregue junto com o requerimento, com a marcação dos documentos apresentados.

A relação de documentos inclui:

Formulário de solicitação IMM5257 – documento de quatro páginas com suas informações pessoais e sobre a viagem. Deve ser baixado no site do Centro de Solicitação de Visto - CVAC e preenchido individualmente;

Questionário de Informações Adicionais – deve ser impresso, preenchido à mão e assinado. Um formulário pode ser usado por toda a família;

 

Duas fotografias recentes, 3 cm x 5 cm;

 

Formulário Family Information (IMM 5645) preenchido e assinado;

 

Cópia da Carteira de Identidade (RG) frente e verso;

 

Passaporte ou documento de viagem (inclusive os anteriores, se possuir);

 

Comprovante financeiro (último imposto de renda com recibo de entrega, os três últimos holerites, contrato social e extratos bancários)

 

Comprovação de laços sociais e econômicos com o Brasil - serão aceitas declarações de seu empregador, referentes aos três últimos pagamentos, documentos de sua empresa ou comprovante de matrícula em instituição de ensino;

 

Autorização de viagem, para menor de 18 anos, o documento deve ser assinado por pai e mãe;

 

Comprovante de pagamento da taxa do processamento de visto - Pode ser individual ou familiar, dependendo do caso

 

Caso apresente seu Visto em um dos Centro de Solicitação de Visto (CVAC), deve incluir também;

 

Comprovante de pagamento da taxa do CVAC - Um por pessoa;

 

Formulário de consentimento do CVAC.

 

Importante


Depois de preencher os formulários eletronicamente, clique no campo “Validar”, localizado no topo ou rodapé e só então imprima o formulário.  Isso fará gerar um código de barras na última página, que facilita a avaliação de seu pedido e reduz o tempo de emissão do seu Visto. Para garantir  que as informações codificadas foram capturadas, você deve incluir a página com o código de barras junto com o pedido.

Pagamento das taxas

Há duas taxas para solicitar o visto canadense: a do CVAC e a de Processamento de Visto.

Taxa do CVAC

Custava CS 100,00 e o valor é cobrado para cada pessoa que solicita o Visto, independente da idade ou do propósito da viagem. O governo canadense, contudo, oferece descontos para famílias e grupos em alguns casos. A taxa pode ser paga de duas formas:

♦ Pagamento da taxa é direto no Banco Santander - Agência: 0729 / Conta corrente: 13000778-0, por meio de depósito identificado na conta do CVAC de sua preferência. Quando comparecer ao Centro de Solicitação de Visto (CVAC) ou encaminhar seu requerimento por um serviço de entrega, você deverá anexar o comprovante de pagamento junto ao seu processo. Nesse caso, a taxa deve ser paga em dinheiro, diretamente no caixa;

♦  Pessoalmente no CVAC, com cartões de crédito ou débito das bandeiras Visa ou Mastercard.

O CVAC não aceita pagamentos feitos em caixas eletrônicos, transferências bancárias, pagamentos online ou cheques. Além disso, pagamentos feitos de forma incorreta não serão reembolsados. Caso você apresente o pedido de Visto pessoalmente no Consulado ou online, a taxa do CVAC não precisa ser paga. Há ainda uma taxa de 85 dólares canadense para o serviço de coleta biométrica.

Taxa de Processamento do Visto

O valor varia de acordo com o tipo solicitado. Para o visto de turista (residente temporário) com uma entrada o valor é de 100 dólares canadense. O pagamento também pode  ser feito em qualquer agência do HSBC, por meio de depósito identificado na conta do Consulado Geral do Canadá em São Paulo.

Como solicitar o Visto via VAC

O Governo Canadense criou três Centros de Solicitação de Visto (VAC), nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Até então, quase todos os vistos eram emitidos por meio de despachantes ou agentes de viagem, mas com os novos centros o processo ficou mais rápido e simples. Em sua página, o Consulado Canadense recomenda que o pedido seja feito via VAC, mas também é possível fazer diretamente.

De posse de toda a documentação, existem três formas de solicitar o Visto de entrada para o Canadá via VAC:

♦ Pessoalmente em um dos centros de solicitação, em São Paulo, Rio de Janeiro ou Brasília;

♦ Por um Serviço de entrega de sua preferência;

♦ Por coleta em domicílio – nesse caso, entrar em contato com  o VAC mais próximo por e-mail, informando o seu endereço residencial para receber mais informações. É cobrada uma taxa adicional.

Endereços dos CVAC – Centros de Solicitação de Visto Canadense 

Os Centros de Solicitação de Vistos, atendem de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas e não é necessária a marcação de horário para o atendimento.

     Visa Application Centre – São Paulo

     Avenida das Nações Unidas, No 12.551,
    World Trade Center São Paulo, 18o andar,
    salas 1809 e 1810. Brooklin Paulista
    São Paulo – SP. CEP: 04578-903
    info.cansao@vfshelpline.com

     Visa Application Centre – Rio de Janeiro

     Av. Américas, 3500,
    Ed. Le Monde Offices – Hong Kong 1000,
    Salas 612, 613, 614 e 615.
    Barra da Tijuca  Rio de Janeiro – RJ.
    CEP: 22640-102

     info.canrio@vfshelpline.com

     Visa Application Centre – Brasília

     Brasilia Shopping and Tower,
    Quadra 5, Setor Comercial Norte -
    SCN / lote sala 1126.  Brasilia – DF.
    CEP: 70715-900
   info.canbra@vfshelpline.com

Nos CVAC são oferecidos serviços de cópias, fotografias, computadores para preenchimento de formulários e mesmo assessoria no preenchimento dos  requerimentos. Os serviços são cobrados à parte.

Como solicitar o Visto via Consulado

O Governo Canadense aceita que o Visto seja entregue pessoalmente e esta pode ser uma boa alternativa para quem mora na cidade de São Paulo. Para isso, você agendar a entrega da documentação por meio do telefone (11) 5509-4343, extensão 3410. A ligação deve ser feita apenas entre 11 horas e 12 h 30. O agendamento está disponível para recebimento de pedidos feitos pessoalmente de segunda a quinta-feira, entre 09 h 30 e 11 horas – o setor de visto não atende ao público na sexta-feira. A maior vantagem é evitar a taxa de CS 100, mas a demora para o agendamento pode ser grande.

Como solicitar o Visto pela INTERNET

O governo canadense lançou há pouco tempo uma nova modalidade de solicitação de visto, totalmente online. Para solicitar, é preciso reunir toda a documentação e possuir um scanner ou máquina fotográfica com resolução suficiente para digitalizar os documentos. A solicitação é feita diretamente ao CVAC.

Após preencher um rápido formulário de qualificação, a página seleciona se você é apto a fazer a solicitação online e o tipo de Visto necessário. Se tudo der certo, você é direcionado para a página da solicitação. Além da comodidade, a vantagem é não ter de pagar a taxa de CS 100 do VAC. O Passaporte deve ser entregue no Consulado de São Paulo no caso das requisições online, tem que ser entregue no horário das 9 h 30 às 11 horas, de segundas a quintas-feiras.

Como o pedido do Visto é processado

O Consulado Canadense informa que ao receber um pedido, o setor de vistos o analisa para certificar-se que está completo. Os pedidos incompletos são devolvidos sem processamento, por isso atente à lista de documentos e formulários exigidos. Caso o  seu pedido esteja completo, você estará sujeito a mais estas exigências:

Exame médico

O Oficial de Imigração determinará se há necessidade ou não de realização de exame médico e caso seja exigido serão enviados  instruções para a realização e formulário personalizado.

Atestado de antecedentes criminais

A você e seus familiares com mais de 18 anos de idade que o acompanharão em sua viagem ao Canadá poderão ser solicitados a apresentar atestados de antecedentes criminais. O setor de vistos o informará caso isso seja necessário. 

Entrevista

Se o oficial de Imigração julgar necessária a realização de uma entrevista, você será informado a respeito e receberá todas as instruções pertinentes. Na maioria dos casos, a decisão é tomada sem entrevista. Deste modo, adicione por escrito todas as informações relevantes à sua solicitação inicial.

Prazo para emissão

Se não houver nenhum problema no seu processo, o consulado informa que o tempo médio para a emissão do visto de turista é de dez dias úteis. O prazo é o mesmo para pedidos apresentados via VAC ou pessoalmente. Os seguintes fatores a seguir podem interferir no tempo de processamento do seu pedido:

♦ Formulários sem o código de barras;

♦ Pedidos incompletos;

♦ Obrigatoriedade de exames médicos;

♦ Verificações mais aprofundadas de segurança;

♦ Histórico de antecedentes criminais;

♦ Entrevista, quando julgado necessária;

♦ Verificação mais detalhada da documentação exigida.

Emissão do Visto

Concluída a análise de seu pedido, o seu Passaporte e eventuais documentos originais serão devolvidos. Caso tenha enviado documentos falsos, estes não serão devolvidos. Se o seu pedido for aprovado, o carimbo do visto constará no passaporte. A data de vencimento da validade que aparece na primeira linha do Visto representa a data até a qual você deverá chegar ao Canadá, não a data em que deverá sair do país. Deverá chegar até a data impressa, sob “Expiry date”. Caso seu pedido seja negado, receberá uma carta explicando os motivos que causaram a recusa.

Visto para CUBA

A emissão de Visto para Cuba é fácil e pouco burocrático, afinal, o turismo impulsiona uma parte significativa da economia daquele país. 

Solicite o cartão de turista através do serviço consular ou comprar o Visto numa agências de turismo credenciadas pelo governo cubano. Há, ainda, a possibilidade de solicitá-lo através da companhia aérea, mas a única que oferece esse serviço entre as empresas que voam para Cuba a partir do Brasil é a Copa Airlines, e ainda assim, o faz em caráter emergencial.

O Visto é um Cartão de Turista, que exige documentos simples. É importante  comprar as passagens e fazer a reserva num hotel (ou casa particular) antes de solicitar o Visto, porque essas informações são exigidas. O Visto será válido por 30 dias, prorrogáveis por mais 30 mediante aprovação das autoridades cubanas. Vale lembrar que além da exigência do Visto é necessário fazer um seguro-saúde e altamente recomendado ter uma carteira de vacinação internacional comprovando que foi tomada a vacina contra febre amarela.

Confira aqui como proceder para pedir seu Visto:

Documentos necessários:


1 – Passaporte válido
2 – Formulário de Solicitação preenchido
3 – Cópia da passagem aérea (ida+volta)
4 – Cópia da reserva da hospedagem

Procedimento:

 

Há apenas dois consulados cubanos no Brasil, um em Brasília e  outro em São Paulo. Quem estiver longe dessas cidades e não puder se apresentar pessoalmente poderá fazer a transação através dos Correios.

Pedido de Visto presencial

 

Fazendo o requerimento pessoalmente, além de ser mais barato ( US$ 20,00) e deve ser pago em espécie. O Visto sai na mesma hora.  só precisará levar os mesmos documentos citados acima – cópia das passagens, hospedagem e formulário de solicitação – não se esquecendo de trocar a cópia do Passaporte, pelo original. Para maiores informações, acesse o site: http://www.cubadiplomatica.cu/ ou entre em contato com os consulados através dos dados abaixo:

 

Setor Consular da Embaixada – Brasília – DF

Endereço: SHIS – QI 05, Conj. 18, Casa 01 - LAGO SUL - Brasília, Distrito Federal
Cep: 71615-180  -  Telefone:(0xx61) 3248-4710 / 4215
Atendimento: Segunda a sexta-feira, de 10 às 13h.
E-mail:  consulcubabsb@uol.com.br
Banco do Brasil, Agencia 1606-3 - Conta 301.014-7

Consulado Geral da República de Cuba – São Paulo – SP

Endereço:Rua Cardoso de Almeida, 2115  São Paulo, São Paulo
Cep: 01251-001 - Telefone: (0xx11) 3873-2800 Fax:(0xx11) 3864-5052
Atendimento: segunda a quinta-feira, das 9:30 às 12:30
E-mail: oficonsular@uol.com.br 

Pedido de Visto não-presencial

 

A taxa para o Visto era de US$ 20,00 mas quem o pede por correspondência precisa pagar mais: Trâmite R$ 75 + Sedex R$ 50,00. Caso peça o Visto com outras pessoas na mesma correspondência, o valor do Sedex é o único que se mantém inalterado.

Em seguida, será o momento de juntar a documentação para enviar ao consulado. Basta acessar o site http://www.cubadiplomatica.cu/ imprimir o formulário para emissão do cartão, responder e assinar . Anexe ao formulário a uma cópia legível das reservas do hotel e passagem aérea, juntamente com a cópia das páginas 1,2 e 3 do Passaporte e comprovante de depósito dos valores cobrados em Real, pois os 20 dólares precisam ser enviados pelo Sedex. Eles irão emitir a “tarjeta turistica” e enviar por Sedex em três dias úteis.

Visto para os Emirados Árabes Unidos

Visto para brasileiros

O Presidente da República, Michel Temer, assinou dia quatro (4) de junho de 2017, o Decreto que permite a isenção de Visto para cidadãos dos Emirados Árabes Unidos que viajarem ao Brasil. A dispensa também valerá para os brasileiros, que visitarem o país localizado no Golfo Pérsico.  

A mudança é resultado de um acordo firmado em março de 2017, e valerá para viagens de negócios e turismo com duração de até 90 dias a cada período de 12 meses. Uma das intenções da medida é fortalecer o vínculo com os Emirados Árabes, onde estão importantes polos comerciais e turísticos, como Dubai e Abu Dhabi.

 

Visto Mexicano

Brasileiros não precisam de Visto para o México!

O Consulado Geral Mexicano, informou que  a isenção de vistos de curta duração não significa que outros exigências não possam ser apresentados ao viajante no momento do controle migratório, como a apresentação da passagem de regresso, prova de meios de subsistência ou comprovante de hospedagem. “Recomenda-se aos viajantes brasileiros, no caso de viagens ao México, que consultem as páginas eletrônicas do Consulado-Geral do Brasil no México (www.cgmexico.itamaraty.gov.br) e do Serviço Exterior mexicano para conhecerem as condições de ingresso naquele país e outras informações úteis para a sua viagem”.

Ainda segundo o Consulado, os brasileiros que, ao desembarcarem em qualquer ponto no México, tenham problemas no momento do controle migratório, devem solicitar autorização para contatar o Consulado-Geral do Brasil, na Cidade do México da seguinte forma:

- telefone fixo: 55-4160-3953 (chamadas a partir da Cidade do México)

- plantão: (04455) 3455-3991 (chamadas a partir da Cidade do México)

 (0155) 3455-3991 (chamadas a partir de qualquer outro local no México)

 (00xx52155) 3455-3991 (chamadas a partir de qualquer lugar do Brasil

- e-mail: assistencia.cgmexico@itamaraty.gov.br

Visto para o Japão

Para solicitar o Visto para visitar o Japão, é preciso comparecer a um Consulado, levando o Passaporte com validade mínima de seis meses, apresentar o formulário de solicitação que pode ser obtido antecipadamente através dos sites dos consulados pelo Brasil, fotos3x4 recente, bilhetes das passagens ou comprovante de reserva das passagens de ida e volta, documentos que comprovem a finalidade da viagem ( roteiro ou pacote turístico, por exemplo ), comprovante de renda e residência e cópia do documento de identidade.

Dependendo de cada solicitante, poderão ser exigidos documentos complementares. Como em Porto Alegre o Consulado não tem site, será necessário comparecer pessoalmente à Avenida João Obino, 467 - no horário das 9.00 às 11.30 nos dias úteis ou obter informações através do telefone (51) 3334.1299.

Será cobrada uma taxa de R$ 136,00 para uma entrada e R$ 273,00 para duas entrada. O processo leva cerca de uma semana e o Visto tem validade por três meses.

Visto para o VIETNAM

Os brasileiros precisam de Visto para entrar no Vietnã. Existe a possibilidade de consegui-lo diretamente no aeroporto no momento da chegada ao país, porém você precisa fazer uma “pré-solicitação” online (http://visa-vietnam.vn/en. Com esta autorização prévia, você pode retirar o seu Visto, diretamente no aeroporto no momento da chegada.

Para quem pretende chegar ao Vietnam, por via terrestre, a recomendação é encaminhar o pedido do Visto diretamente com a Embaixada, em Brasilia. Para quem mora em Brasília é muito fácil: é  ir ao Consulado com o Passaporte, o formulário preenchido e o comprovante de depósito da taxa e 5 dias depois, estará recebendo o Visto! Para o pessoal do resto do país, é muito mais fácil do que se imagina. A Embaixada faz tudo pelo Correio! O primeiro passo é mandar um e-mail para a Embaixada solicitando informações a respeito da obtenção do Visto para: embavina@yahoo.com. Não adianta ligar, porque eles vão pedir para  enviar um e-mail solicitando o Visto.

Eles irão responder o e-mail com o procedimento e o formulário que deve ser preenchido. Você fará somente isso: pagamento da taxa do Visto via depósito em conta, pagamento da taxa do SEDEX para devolução do Passaporte também via depósito em conta, preenchimento do formulário e duas fotos 3X4. Envio dos comprovantes + Passaporte + formulário e algum comprovante da sua entrada no país (passagem, pacote, etc). via SEDEX para a Embaixada.

Outra opção para os que gostam de “improvisar” na viagem. Em diversas Agências de Viagens da Tailândia e também no Camboja, você pode solicitar seu Visto para o Vietnam, alguns dias antes de entrar no país. É bem fácil e custa em torno de 20 USD.

O que diz a Embaixada do Brasil no Vietnam sobre a solicitação de Visto para visitar o país.

O Governo do Vietnã pode não autorizar viagens a determinadas regiões do país, consideradas como sensíveis. Recomenda-se sempre consultar as autoridades locais antes de viajar para áreas próximas à fronteira, as quais devem ser evitadas a menos que o viajante tenha autorização prévia.

Requisitos básicos de entrada

i)   O Visto de turista é o de tipo C-1.

ii)  Os Vistos de tipo B-2, B-3 e B-4 são Vistos de trabalho.

iii) O Visto de residência temporária é concedido aos convidados por empresas sediadas no Vietnam (A1) ou empregados do Governo vietnamita

    (Visto tipo B1).

 

O Visto de entrada pode ser solicitado e obtido junto às representações diplomáticas vietnamitas no exterior.

A  Embaixada do Vietnam, em Brasília, localiza-se no seguinte endereço:

Embaixada da República Socialista do Vietnam

SHIS QI 05 Conjunto 14 Casa 21 - 71615-140 Brasília-DF

Telefones: (55 61) 364 5876 e 364 7587  - Fax: (55 61) 364 5836

Site:  www.vietnamembassy-brazil.org/pt/

Email do Setor Consular: vnconsular@gmail.com

Email geral: embavina@yahoo.com

É obrigatório o preenchimento de formulário eletrônico

 

http://visa.mofa.gov.vn/_layouts/registration/ApplicationForm.aspx). Também é possível solicitar e obter o visto de entrada, a ser retirado quando da chegada em aeroporto internacional, por meio dos serviços terceirizados de agências de turismo conveniadas. Nesse caso, o Visto deve ser solicitado por via eletrônica: contatado o síte, deve ser preenchido o formulário (crianças de menos de 14 anos podem constar do formulário dos pais, mas devem trazer 2 fotos); a taxa de serviço é paga e impresso o formulário. Após o processamento do visto, será enviada ao aplicante a "carta de aprovação" (Approval Letter). A carta de aprovação e formulário, bem como 2 fotos (2x4cm) deverão ser apresentados no balcão - "Landing Visa Counter" -, no aeroporto de chegada; e pagos os custos do visto. Os custos do visto (que independem da taxa cobrada pela agência) variavam de Eur 49,41 a Eur 112,29, dependendo do período de estada e entrada única ou múltiplas, ou da urgência no recebimento do Visto.  As agências mais conhecidas são:

www.vietnam-visa.com - Telefones (84 24) 3792 5078 e (84) 9 4658 3583;

www.visa-vietnam.vn - (Email: info@visa-vietnam.vn) - Telefones: (84) 9 0311 9200 e (84) 9 3265 2585; e

https://visaonlinevietnam.com - (Email: sales@visaonlinevietnam.com) - Fones: (84 28) 3920 2426 e (84) 9 6818 7718.

 

 O sistema de concessão de Vsto por meio eletrônicov para a coleta na chegada ao Vietnamv só está disponibilizado para a entrada pelos aeroportos internacionais de Hanói e de Ho Chi Minh, onde se encontra balcão apropriado. Entradas no país por meio de barco, trem, ônibus ou veículo particularv não são contemplados por esse sistema.