top of page

L I N D A U  - O leão da Baviera - Alemanha - 

LINDAU. 3.jpg

ETIAS 2025 - Autorização para entrar na Europa

​Anunciado em 2016, o  European Travel Information and Authorization System (ETIAS) — Sistema Europeu de Informação e Autorização — está cada vez mais próximo de ser concretizado. A nova regra de entrada de estrangeiros na Europa se baseia no sistema americano, com maior segurança e será válido, a partir de 2025 mas ainda sem data para início do procedimento. ​O sistema verificará as credenciais de segurança e cobrará uma taxa (atualmente divulgada como sete euros) dos viajantes que visitam os países-membros do Tratado de Schengen, para fins de negócios, turismo, médicos ou de trânsito. Os viajantes, que atualmente visitam a Europa sem Visto, podem entrar na UE e nos países-membros de Schengen, gratuitamente e sem qualquer triagem de segurança digital antes de sua chegada à Europa. Vale lembrar que o ETIAS não será um Visto, mas uma autorização de viagem para viajantes que não precisam de Visto Consular para visitar a Europa..

 

O que fazer e visitar em Lindau

 

O básico em Lindau era o centro histórico, que poderia ser conhecido com uma caminhada de uma ou duas horas. Chegando pela Seebrücke já se via o belo Stadtgarten na direita e o Cassino de Lindau à esquerda, o Bayerische Spielbank.  Seguindo reto em direção ao centro, estava a Marktplatz, que era cercada de belos prédios medievais e duas belas igrejas, a Igreja de St. Stephan ou Igreja de Santo Estevão – Protestante – e Catedral Católica de Nossa Querida Senhora. Ainda na praça estava o belíssimo prédio do Museu da Cidade, que ficava na chamada Haus zum Cavazzen. Logo adiante estava a Maximilianstrasse, a principal rua da ilhota e que levava até a Estação de Trens. Reuniavárias lojas charmosas, restaurantes, alguns hotéis e muitos prédios encantadores para se apreciar.

No meio da Maximilianstrasse ficava a Bismarckplatz, onde estava outra atração da cidade: a antiga Prefeitura, a Altes Rathaus. Com sua fachada  pintada e bem decorada, não passava desapercebida. O prédio abrigava uma biblioteca que contava com cerca de 15.000 valiosos volumes, e os arquivos da cidade. Ao lado estava a nova Prefeitura, a Neues Rathaus, que tinha um carrilhão de sinos na fachada que se manifestava diariamente às 11.45h. Seguindo por uma das ruazinhas do lado direito da Maximilianstrasse era possível seguir em direção a Schrannenplatz para conhecer a Torre do Ladrão e a  Igreja de São Pedro, que ficavam uma ao lado da outra. A Diebsturm fora construída em 1380 e fazia parte da antiga muralha da cidade. Servira como prisão por um longo tempo na Idade Média, de onde ganhara este nome. Daqui, o passeio deveria seguir para a parte mais famosa da cidade: o seu Porto. Parada obrigatória nos passeios, o porto era uma das paisagens mais fotografadas do sul da Alemanha, já que formava uma baía fechada e na sua entrada estavam de um lado o Novo Farol e o Leão da Baviera, do outro.

O Novo Farol fora concluído em 1856 e tinha 33 metros de altura e seu interior contava com uma escada com 139 degraus, em espiral de madeira que levava ao topo, de onde se tinha uma bela vista do lago, do porto e da cidade. O Leão da Bavária tinha seis metros de altura, e sentava-se apoiado nas patas dianteiras, em um pedestal de pedra e olhava para o lado suíço. Construído sobre seis blocos de mármore, em 1856, pesava cerca de 70 toneladas. Ainda no porto podia-se ver o antigo Farol, conhecido como Mangturm, que era um dos faróis mais antigos do lago. A torre de cinco andares tinha 20 metros de altura, era ainda mais alta que algumas das torres de igrejas da cidade. O seu telhado pontiagudo era revestido com azulejos coloridos. Estivera em funcionamento entre os anos 1180 – 1300, e era o ponto final da antiga muralha.

As referências históricas e turísticas

As igrejas

O que não faltava na maioria das cidades européias, eram catedrais, igrejas, templos, santuários e capelas. Não importava a religião. E aqui não seria  diferente. Eram quatro os templos para orações, sendo dois católicos e dois protestantes: a Catedral de Notre Dame, a Igreja de São Pedro, a de São Martin e a Igreja de Santo Estevão, que ficava ao lado da Catedral.

Bodensee-Therme -

Para quem procurasse relaxamento, este Spa Termal oferecia piscinas, saunas e tratamentos de bem-estar, todos com uma vista deslumbrantes sobre o lago. Era o local ideal para descontrair depois de um dia de andanças pela cidade e arredores.

Catedral de Nossa Senhora e de St. Marien -  

Era a igreja paroquial católica, construída entre 1748 a 1752,  pelo arquiteto barroco Johann Caspar Bagnato, que construíra também o castelo e igreja na ilha de Mainau e o Castelo Novo, em Meersburg. Era ricamente decorada em branco, coloridos afrescos e esculturas no estilo rococó. A pintura do teto mostrava a Assunção de Maria e no altar-mor, e a Adoração dos Magos. A sua escadaria medieval (St. Tomas Chancel), os bancos (East Chancel), a capela e as portas de entrada góticas eram seus destaques. Servira de local de reuniões durante o período do Concilio de Konstanz, e hoje promovia peças teatrais, festivais e concertos. Era uma visita obrigatória!

Compras

Era também um bom lugar para fazer compras. No Farmer’s Market, na Saint Stephans Platz, às terças e sextas-feiras, havia uma grande variedade de queijos, massas, carnes e produtos locais fresquinhos. Para comprar roupas, calçados e afins, era dar uma volta pelas ruas da Cidade Velha. As principais lojas da cidade se concentram lá e no Lago Shopping, o mais importante centro de compras do lugar.

Concílio de Konstanz

Este evento acontecera entre os anos de 1414 e 1418, e ficara marcado por propor o fim da Cisma do Ocidente e pelo uso do diálogo em meio aos conflitos religiosos, políticos e sociais, que aconteciam por toda a Europa, como a Guerra dos Cem Anos. A Cisma do Ocidente acontecera devido à tensão entre 3 diferentes Papas eleitos – um na França, um em Roma e outro no Sacro Império Romano Germânico – quando na verdade deveria ser apenas um. A solução para essa problemática fora decidida pelo Concílio, ao eleger um novo Papa e restabelecer a sede tradicional do Papado somente em Roma.

Diebsturm  - 

Era conhecida como a Torre dos Ladrões, fora construída em 1380 e fazia parte da antiga muralha da cidade, servindo como uma prisão por um longo tempo na Idade Média.

Estação Central -

A primeira estação de Lindau na ilha, fora construída em 1853. O atual prédio de embarque/desembarque fora construído entre 1913 e 1921, em estilo Art Nouveau ligeiramente modificado. Caracterizava-se por seu teto e pavimento, bem como sua fachada bem preservada.

Estátua da Deusa Impéria

À entrada do porto erguia-se a estátua de Impéria, era uma estátua controversa e ousada, obra do artista Peter Lenk, não era apenas uma atração turística, mas uma representação satírica do Concílio de Konstaz. A estátua, que representava uma mulher segurando dois pequenos homens nas mãos, simbolizava a corrupção e a hipocrisia da Igreja Católica durante a Idade Média. 

Fonte de Lindavia

Inaugurada em 1884, por ocasião da 20ª coroação do Rei Ludwig II, fora construída em mármore vermelho e instalada na Reichsplatz. Acima está Lindavia com o Lindenzweig, o protetor da cidade e as figuras que apareciam na parte de baixo simbolizavam a antiga riqueza de Lindau: navegação a pesca, vinho e agricultura.

 

Igreja de São Pedro - 

Era a mais antiga da cidade e também uma das igrejas mais antigas do Lago de Konstanz,  dedicada ao santo padroeiro dos pescadores, que viviam em torno desta praça –chamada de  Schrannenplatz.

 

Museu da Cidade -

Era o lar da coleção permanente de exposições relevantes para a história da cidade, bem como obras de arte moderna, que eram apresentadas na mudança de exposições especiais. O museu deveria ser apreciado por fora e por dentro, já que oferecia um acervo bem variado com uma coleção de pinturas e esculturas dos séculos XV ao XVIII, coleções de arte e artesanato em vidro, porcelana, cerâmica e estanho, uma interessante coleção de brinquedos históricos, peças de mobiliário de época, além da Coleção Frederick William Kalina, que contava com mais de 60 instrumentos musicais mecânicos, entre eles realejos históricos, bonecos dançantes, flautas, etc. O museu só abria entre abril e setembro, diariamente, das 10.00 às 18.00h. A entrada custava €5.

O Porto

Era formado por uma baía fechada, e na sua entrada estavam de um lado o Novo Farol e o Leão da Baviária, do outro. O Novo Farol fora concluído em 1856 e tinha 33 metros de altura e seu interior contava com uma escada de madeira, com 139 degraus em espiral,  que levava ao topo, de onde se tinha uma bela vista do lago, do porto e da cidade. O Leão da Bavária tinha seis metros de altura, e sentava-se apoiado nas patas dianteiras, em um pedestal de pedra, olhando em direção à Suíça. Fora montado em 1856, sobre seis blocos de mármore que pesavam cerca de 70 toneladas. Ainda no porto, estava o antigo Farol, conhecido como Mangturm, que era um dos Faróis mais antigos junto ao lago. A torre de cinco andares tinha 20 metros de altura, era ainda mais alta que algumas das torres de igrejas da cidade. O seu telhado pontiagudo era revestido com azulejos coloridos. Estivera em funcionamento entre os anos 1180 – 1300, e era o ponto final da antiga muralha.

Prefeitura

Fora construída em estilo gótico em 1422, e reconstruída em 1576 em estilo renascentista. Os sinos eram do ano 1617. A fachada voltada para a Bismarckplatz, também estava decorada com uma grande escada coberta, originalmente de madeira, e que levava a uma janela de sacada. A frente sul era ricamente trabalhada durante o século XIX, com pinturas que retratavam a história da cidade.

Rheinbrücke

Era uma ponte sobre o Rio Reno que  tinha uma história notável. Era conhecida como uma das mais antigas pontes continuamente habitadas da Europa. Antigamente ladeada por casas e lojas, ora representava um estilo arquitetônico único, onde a vida quotidiana e as infra-estruturas se fundiam perfeitamente.

 

Stadttheater -

Era o teatro municipal, Inaugurado em 1951, oferecia peças teatrais, produções de ópera e balé e uma série de concertos. Abrigava a Lindau Marionette Opera.

Tribunal Distrital

O prédio de escritórios perto do porto e conhecido por Damenstift, fora construído nos anos 1730-1736, Juno  ao antigo Damenstift .  Seu teto era decorado pelo afresco “Virtudes Divinas”, obra do artista barroco Franz Joseph Spiegler, de Wangen ;

Universidade de Konstanz

Fundada em 1966, não era apenas conhecida por sua excelência acadêmica, mas também pela arquitetura impressionante de seu prédio principal. O design modernista da Universidade contrastava fortemente com as estruturas medievais da cidade, simbolizando a mistura do antigo e do novo que caracterizava  Konstanz.

 

Hospedagem

​Bayerischer Hof Lindau - $$$$$ -

Localizado a somente 10 minutos do Lago de Konstanz. Dispunha de 105 quartos reformados recentemente, equipados com ar condicionado, frigobar, TV de HD, banho completo e amenidades de cortesia e frigobar. Tinha um excelente restaurante e um bar-lounge. O check-inn era a partir das 16.00h. Era o único cinco estrelas da região.

Hotel Helvétia Spa und Wellnessdozimil - $$$$ - Seepromenade –

Também ficava bem localizado e próximo ao lago. Seus 43 quartos eram amplos, e dotados de todos os principais requisitos da moderna hotelaria. O acesso a internet era free, e também disponibilizava traslados ao aeroporto de chegada e saída. Tinha uma piscina coberta, Spa e sauna.  O check-inn era a partir das 14.00 horas.

Hotel Gasthof Stift - $$$ - Stifts Platz, 1 –

Também ficava próximo ao lago e oferecia 35 ótimos quartos bem equipados e acesso a grátis a internet. Seu restaurante era uma referência na cidade, e dispunha de várias mesas ao ar livre, na parte  térrea. O check-inn era a partir das 15.00h.

Hotel e Restaurante Engel – $$$ - Marktplatz, 3  -

Era um ambiente extremamente agradável, com mesas internas e ao ar livre. A cozinha era alemã, européia e vegetariana, Os quartos eram amplos, modernos e dotados de todos os requisitos indispensáveis. A internet era free..

​Onde comer

​Augustin – Fischergasse, 33 –

Era uma ótima cafeteria, com mesas internas e outras na rua. Dispunha um cardápio variado de lanches, cucas e tortas

regionais. Era a melhor recomendação para um bom lanche. Estava localizado numa das ruas centrais da ilha.

​Bodolzer Dorfstuble - Untere Steig 4B –

Era considerado o melhor restaurante alemão da região. Estava localizado antes da ilha de Lindau, próximo a um enorme parque e junto a estrada que vinha de Konstanz. Era um recanto tradicional, onde os residentes se reuniam para saborear os deliciosos pratos típicos da gastronomia germânica, tomar uns chopes e jogar baralho. Tudo isso na mais completa tranqüilidade bávara. Os preços também eram bons!

Ritter`s Pasta nr. 1 – Marktplatz, 1 –

Era um ambiente bonito e acolhedor, onde serviam excelentes massas, acompanhadas de vinhos italianos ou chope. Era muito bem recomendado e os preços eram normais.

LINDAU.2.jpg
LINDAU 4.jpg
bottom of page