top of page

HALLSTAT  - Uma pequena jóia austríaca - 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ETIAS 2025 - Autorização para entrar na Europa

​Anunciado em 2016, o  European Travel Information and Authorization System (ETIAS) — Sistema Europeu de Informação e Autorização — está cada vez mais próximo de ser concretizado. A nova regra de entrada de estrangeiros na Europa se baseia no sistema americano, com maior segurança e será válido, a partir de 2025 mas ainda sem data para início do procedimento. ​O sistema verificará as credenciais de segurança e cobrará uma taxa (atualmente divulgada como sete euros) dos viajantes que visitam os países-membros do Tratado de Schengen, para fins de negócios, turismo, médicos ou de trânsito. Os viajantes, que atualmente visitam a Europa sem Visto, podem entrar na UE e nos países-membros de Schengen, gratuitamente e sem qualquer triagem de segurança digital antes de sua chegada à Europa. Vale lembrar que o ETIAS não será um Visto, mas uma autorização de viagem para viajantes que não precisam de Visto Consular para visitar a Europa.

A pequena Hallstatt estava localizada em uma região austríaca de Salzkammergut, conhecida pelo relevo montanhoso e a presença de lagos.  Seu nome tinha origem pela presença das minas de sal encontradas na região. Apesar de pequena, era um lugar cercado de história e importância para a região, desde as civilizações mais antiga. Acreditava-se que Salzwelten seja a mina de sal mais antiga do mundo, explorada havia cerca de 2 mil anos antes de Cristo. Aqui foi descoberta uma necrópole abrigando mais de mil sepulturas dos povos pré-históricos que viviam pela região.

Era grande a prosperidade da vila, e a importância das descobertas arqueológicas locais lhe deram reconhecimento durante a Idade do Ferro, nomeando o período de transição do bronze ao ferro. Este legado proporcionou-lhe o título de Patrimônio Mundial da Humanidade, concedido pela Unesco em 1997. Sua localização ficava entre Viena  ( 290 km ) e Salzburgo, a apenas 70 km.

Referências históricas e turísticas

Estação de Ski

A melhor região para esquiar em Hallstatt ficava na área das montanhas de Dachstein. Durante os meses de Dezembro a Março era possível descer as montanhas da área, além de fazer trilhas de cross-country. Outro lugar bom para esqui na região era a montanha de Alberfeldkogel, em Ebensee, um lugar ótimo para fazer hiking durante o verão ou cross-country ski no Inverno. Próximo da região de Salzkammergut, onde ficava Hallstatt, havia ótimas opções de Resorts alpinos, para quem quizesse praticar esportes como esqui e snowboarding. Como os Alpes seguiam em direção oeste até a Suíça, quanto mais para oeste fosse, mais opções de esqui haveria.  A maior parte das pistas de esqui, por exemplo, se tornavam trilhas para caminhada e trilhas de mountain biking no Verão. Os lagos se tornavam pontos de mergulho,  passeios de barco ou até locais de prática de esportes como windsurfing durante os meses mais quentes.

Igreja Evangélica

Situada próxima à praça central, sua construção fora finalizada em 1863 e simbolizava a liberdade religiosa concedida pelo Imperador Franz Joseph I. Sua torre em estilo neogótico, embelezava ainda mais a construção, destacando-a como um dos cartões-postais da charmosa Hallstatt.

Mirante Skywalk

A plataforma ficava 350 metros acima do Vilarejo e proporcionava uma bela imagem das casinhas e ruas cercadas pelo lago Hallstätter. Havia duas maneiras de se chegar ao Mirante. Quem quizessse poupar tempo poderia pegar o Funicular, um pouco fora do centro, e chegar mais rapidamente. Quem tivesse disposição, poderia encarar uma trilha que começava na escadaria, próximo à igreja e proporcionava paisagens deslumbrantes pelo caminho.

Museu

Para conhecer mais de perto a rica história do Vilarejo, nada melhor do que visitar Museu, que preservava toda a herança cultural da cidade. Com um acervo rico de objetos antigos e preservados e exposição que remeiame desde os tempos da exploração das minas de sal, o espaço era bastante interativo, com apresentações em 3D e animações em vídeo. Antes de fazer a visita, informe-se sobre os horários de funcionamento, que mudavam de acordo com a época do ano.

Ossario Beinhaus 

Era a Capela dos Ossos, localizada perto da igreja católica. No século XVIII, como o cemitério era pequeno, acontecia a exumação dos corpos de 10 a 15 anos após o enterro. Eles eram empilhados em uma sala ao lado, próximo de seus parentes. Em 1720, deram início a uma nova tradição, com a pintura dos crânios com decorações simbólicas, nomes e datas, uma forma de identificação e lembrança dos mortos.

Passeio de barco

Se quizesse poderia alugar um barco para um passeio pelo Lago.  Nos meses de Verão, a companhia de navegação Hemetsberger oferecia duas rotas diferentes pelo lago. Um deles passaria em Hallstatt Lahn e continuaria através de Obertraun – do outro lado do lago – depois passaria próximo ao Castelo romântico Grub e retornaria ao centro da Vila. O outro era pelo barco de Cruzeiro Goisern, que navegava ao longo das costas para Untersee e Steeg (Bad Goisern) na ponta norte do Lago Hallstatt.

Praça do Mercado

Era o ponto de encontro dos locais e de turistas ao final do dia. Ao seu redor, se encontravam restaurantes e Cafés, lojinhas e os principais hotéis para visitantes que decidissem pernoitar. Próximo à praça havia uma escadaria, que também proporcionava uma bela vista. 

Salzwelten Hallein

Era a mina de sal de Hallstatt, a mais antiga do mundo. O caminho para chegar  era tão interessante quanto a visita em si, pois se poderia fazer uma trilha ou subir pelo Funicular. Os tours guiados eram em inglês ou alemão. Era possível chegar às profundidades da mina usando os escorregadores. Utilizando o mesmo bondinho, era possível visitar o ponto de observação Skywalk Hallstatt para uma bela visão do vilarejo e seu lago.

Skywalk 

Para quem buscasse um pouco de emoção e quizesse desfrutar do panorama alpino, na região de Hallstatt Dachstein Salzkammergut, a impressionante Plataforma de Observação, no Salzberg era perfeita. O chamado World Heritage Skywalk pairava 350 metros acima dos telhados de Hallstatt e oferecia uma vista panorâmica única sobre o Lago Hallstatt e a impressionante paisagem montanhosa. A nova atração para visitantes estava localizada diretamente abaixo da antiga torre de defesa no Hallstatt Salzberg (montanha de sal). Batizada em homenagem ao primeiro Habsburgo Rudolf I, a Rudolfsturm fora construída entre 1282 e 1284 por seu filho, o Duque Alberto I, da Áustria como uma torre de defesa para proteger as minas e prédios das minas de sal da cidade. Abrigava um restaurante, uma Cafeteria com terraço panorâmico.

Onde comer

 

Uma boa opção para jantar era o Restaurant zum Salzbaron, com comida européia, gourmet e perfeita para quem gostasse de pratos frescos de temporada. Já em Obertraun, cidade onde ficam as cavernas de Dachstein e muito do turismo, a sugestão era a Pizzaria Kegelbahn, que tinha duas pistas de boliche e permanecia aberta até a meia-noite.

O Brot & Wein, em Gmunden, era uma opção para quem gostasse de vinho e pão. O bar de vinhos ficava em um porão decorado com diferentes pôsteres e, apesar de ser um bar, fechava às 22.00h. O forte de seu cardápio eram as várias opções de sandubas e petiscos regionais.

Onde dormir

Por ser uma pequena cidade, não tinha muitas opções de hospedagem. Veja os mais destacados:

Hallstatt Hideaway ($$$)

Era um dos mais luxuosos hotéis do vilarejo, oferecendo quartos com varandas, jacuzzis e vistas para o lago. Era perfeito para casais, mas somente para adultos. O hotel tinha Spa, uma área privativa de praia no lago e estacionamento próprio.

Hallstatt Lakeside ($)

Era também uma das melhores e mais em conta opções no vilarejo. Localizado a beira do lago, tinha um belo jardim e uma área particular junto a praia. Era recomendado para famílias, pois mesmo os menores quartos tinham cama e um sofá-cama.

Weisses Lamm ($$)

Oferecia um ótimo custo benefício para quem fizesse questão de ficar em Hallstatt e não abria mão de conforto e de uma localização central. Os quartos eram lindos e espaçosos e tinham  vistas para a cidade. Oferecia um bom café da manhã e um restaurante muito bem recomendado.

HALLSTATT.jpg
HALLSTATT 2.jpg
HALLSTATT 3.jpg
HALLSTAT 1.jpg
bottom of page